domingo, dezembro 12, 2010

Se essa rua fosse minha.

- Acho que já está chegando a hora.
- Como sabe?
- Olha ali... Acabaram de parar na esquina. Consegue ler a placa?
- Cinco e noventa e nove... Uvas. Acho que é isso...
- Droga. Era o que eu imaginava. O "espírito do natal chegou".
- Você não gosta?
- Odeio as malditas luzes que colocam na gente nessa época.
- Ah... eu adoro! Por mim ficaria com elas o ano todo.
- Deus me livre. Eu não consigo dormir com aquele acende e apaga.
- É pisca-pisca.
- Exatamente, não consigo pregar o olho. Se não bastasse todo o movimento durante o dia e ainda os malucos que passam gritando a noite...
- Não seja mal humorada. Você fica tão mais bonita enfeitada.
- Queria mesmo era ter nascido viela. Daquelas sem saída.

3 comentários:

Moreira disse...

lindo

Anônimo disse...

Sussy, parabéns pelo blog. Texto lindo, escrito com estilo, talento e emoção.
Abs,
Marco

Sussy Côrtes disse...

Obrigada, Moreira e Marco. Que bom que gostaram. :)